Total de visualizações de página

terça-feira, 30 de janeiro de 2007

GRACY LINDINHA - Caxambu

No capítulo passado vocês viram que depois de 3 dias sem dormir e de ter filmado várias pessoas e lugares interessantes, eu havia retornado à Tiradentes e tinha finalmente conseguido dormir. Era Copa do Mundo, e enquanto ainda estava em Tiradentes, soube pela TV que o Bussunda havia falecido. Lembrei das vária vezes que esbarrei com ele em festas no Rio. Um dia depois peguei meu equipamento e voltei para Caxambu. Aqui vamos nós.

Em uma festa junina avisto uma garota dançando, com o estilo da cantora Pitty. Pergunto para uma amiga ‘quem é ela?’ e a amiga responde ‘é a Gracy, veio do Espírito Santo’. Vou até a Gracy e pergunto se ela quer participar do meu filme, pego o telefone dela e no dia seguinte ligo explicando que o filme é sobre pessoas que estão morando fora da cidade em que nasceram. Ela topa e marcamos uma data. Um dia antes ela me liga dizendo que não vai poder porque botou um piercing na língua e que por isso não está conseguindo falar direito. Logo penso: desistiu. Mas ela pede para filmar uma semana depois.

Chega o dia e espero por ela na porta do Parque das Águas, achando que ela não vem. Mas ela surge toda produzida, de vestido preto e botina de soldado. Logo vamos para o lugar do Parque que no dia anterior escolhi para esta cena. Durante a caminhada fico impressionado quando a Gracy diz adorar assistir documentários na TVE e na TV Cultura, em uma idade em que as garotas só assistem Malhação (que cá entre nós, é uma bosta). Arrumo rapidamente o equipamento e começamos a entrevista com a primeira pergunta: Por Que Você Veio Morar Aqui? A entrevista é ótima, Gracy responde às perguntas com intensidade, profundidade e naturalidade. Perfeita. Tudo tão interessante que depois de assistir ao material em casa, no dia seguinte ligo pra ela convidando-a a ser minha assistente de produção no documentário. Posteriormente ela se torna também minha assistente de direção. Assim surge a primeira pessoa da minha equipe: Gracy Lindinha.

Nesta mesma tarde no Parque das Águas, cuja autorização para filmagens foi gentilmente concedida pelo seu diretor Tarcísio, um rapaz se oferece para ser entrevistado. Acho engraçado e topo, mesmo pensando que será perda de tempo e de fita. Mas que nada, a entrevista com o Jefferson fica muito boa mesmo. Surpresas acontecem. Beleza. Tarde produtiva.

Quem quiser colaborar ou apoiar o filme, e-mail para:   paulo-leao@ig.com.br

No próximo número nos vemos em Paraty ou São João Del Rey ou Rio das Ostras. Até lá.

3 comentários:

Anônimo fevereiro 02, 2007 12:57 PM  

Lindinha mesmo!
:P

Anônimo fevereiro 02, 2007 12:57 PM  
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Juliana fevereiro 02, 2007 7:28 PM  

muita sorte pra vc e sua equipe!

  © Blog Design by Emporium Digital | Daniela Milagres